Vida UrbanaPOR PONTO URBANOPUBLICADO EM 11/01/2018

Manter a calma é uma arte

Quem é empreendedor sabe que a capacidade de controlar as emoções e permanecer calmo em situações de estresse, sob pressão ou em momentos de embate com alguém da equipe talvez seja uma das características mais importantes para garantir seu sucesso profissional, pois está diretamente ligada à sua performance.

E uma percepção importante para quem está em busca de uma melhora na inteligência emocional é saber que a ansiedade também é uma emoção absolutamente necessária, que, em níveis moderados e por curtos períodos de tempo, pode aumentar a produtividade, ativar a criatividade e a concentração, facilitar o raciocínio lógico (e você já deve ter sentido isso quando ao trabalhar em um projeto com o prazo quase terminando).

Diversas pesquisas sobre estresse já foram desenvolvidas e afirmam que o segredo está nessa moderação. Para ajudar você a conseguir manter a calma, ter mais paciência e controlar a ansiedade, conversamos com a Enliven, empresa especializada em coaching de vida e separamos algumas recomendações. Confira!

 

Aprecie o que você tem. E não vale só postar a foto no Instagram com a #gratidão, precisa sentir isso, de fato. Ser grato pelo que você possui, experimenta e vive tem o efeito de reduzir o cortisol - hormônio do estresse. "Essa é a principal dica que damos aos nossos clientes: expresse gratidão! Focar nas coisas positivas da vida, agradecer por cada uma delas e expressar isso verbalmente. Você terá uma grande sensação de prazer e ainda pode se aproximar mais das pessoas, além de
diminuir muito a ansiedade. Você anseia o próximo passo, o que vem em seguida, o amanhã, o daqui a pouco. Quando aprende a ser grato e expressa isso, nitidamente, há uma melhora nesta ansiedade e em seus sintomas". 

Não questione o que poderia ter acontecido. “E se” é uma das perguntas que mais trazem sofrimento para o ser humano. "Algumas coisas são o que são e lutar contra elas mentalmente, perguntando porque elas estão acontecendo com você, se culpando ou se martirizando, só vão deixar a pessoa mais ansiosa. Aceite que o problema é do jeito que é e deixe de pensar como poderia ter sido diferente caso as coisas... tivessem sido diferentes. O passado não muda, não importa quanto tempo você passe se preocupando com suas escolhas. Concentre-se no que você pode fazer agora, com calma, para tomar suas próximas ações. Há coisas que você não pode controlar, mas pode escolher como lidar com elas"

Mantenha-se positivo. Exercitar seu otimismo cerebral ajuda muito no controle do estresse. Isso pode ser desafiador durante uma crise, porém é importante dar ao cérebro, de tempos em tempos, algo bom sobre o qual pensar. "Você pode olhar para uma situação estressante - uma reunião com um cliente - como um problema ou como uma oportunidade de impressionar alguém importante no seu network. É tudo uma questão de ponto de vista. Deixe a pressão te ajudar a fazer um trabalho melhor, em vez de trazer à tona suas inseguranças. Leve para sua vida o segundo olhar, o olhar positivo daquilo que ocorre com você em circunstâncias diferenciadas".

Desconecte-se e respire. Entre em contato com a natureza, faça meditação, um exercício físico que canse seu corpo, e durante este determinado período, não atenda ligações ou olhe suas redes sociais. Você não precisa estar disponível 24h por dia (acredite: o mundo vai continuar girando sem você). Experimente. E respire. "A ansiedade e o estress geram respiração ofegante. Retomar o controle da respiração pode, no caminho inverso, acalmar a mente. Respire fundo algumas vezes quando sentir que está nervoso e isso enviará ao seu cérebro a mensagem que você está calmo - já que quem está calmo respira devagar".

Priorize seu sono. Isso pode começar com uma redução do consumo de cafeína diária, que já ajuda muito! O sono tem um papel fundamental no controle dos níveis hormonais, que estão diretamente relacionados ao estresse. Então, tire um tempo para descansar, mesmo durante um projeto apertado. A sua produtividade agradece.

Use sua rede de apoio. Você não precisa fazer tudo sozinho. Ser calmo e produtivo também passa pela noção das próprias fraquezas e limitações. Pedir ajuda não é vergonhoso! Se você se sente útil quando alguém que você ama pede o seu auxílio em alguma situação, o contrário também será verdadeiro. Ao perceber que está sobrecarregado, não hesite em chamar ajuda. Você pode se surpreender com um trabalho em equipe até mais proveitoso, de vez em quando.

 

E você, tem alguma técnica pessoal para controlar o estresse? Deixe um comentário!

Até a próxima!